Filme e Palestra: Patativa do Assaré

Cartaz Patativa

Em homenagem ao centenário de Patativa do Assaré e encerrando o ciclo de palestras do semestre, o DAPAS realizou a palestra  “Cante Lá que eu Canto Cá” no dia 27 de Maio a partir das 9h no Teatro Celina Queiroz na Unifor.

Na ocasião  foi exibido o filme “Patativa do Assaré – Ave Poesia” e logo em seguida foi realizado um debate com o diretor Rosemberg Cariry e professor Tadeu Feitosa da UFC.

Tadeu Feitosa e Rosemberg Cariry

Tadeu Feitosa e Rosemberg Cariry

  • Segue matéria “O Poeta Não Morreu” realizada pelo Labjor (Laboratório de Jornalismo da Unifor).

Vitoria dos estudantes!

Uma semana durante o período letivo para deslocamento de disciplina

Na sexta, dia 15 de maio, a reitoria da Unifor anunciou, em reunião com o Coletivo Sonhos Valem Uma Vida, CA de Psicologia e DA de Comunicação, uma importante vitória do movimento estudantil da universidade: agora nós estudantes voltamos a ter uma semana para deslocamento de matricula, diminuindo a burocracia para tal no inicio do semestre e garantindo a liberdade na escolha das disciplinas e professores.

Tal conquista não é nenhum presente da reitoria, esta se deu através de processo amplo de mobilização e luta estudantil. Através da articulação dos CAs de Psicologia, Terapia Ocupacional, Nutrição, DA de Comunicação Social e Coletivo Sonhos Valem Uma Vida, foi organizado um abaixo assinado contra a mudança na matricula onde, em menos de uma semana, foram coletadas quase 1500 assinaturas  e posteriormente realizado um ato de entrega do abaixo, animado pelo Sonhos.

Antes da ultima reunião, onde foi anunciada a adesão da pauta estudantil, o Coletivo Sonhos Valem Uma Vida ainda participou de outras duas reuniões com reitoria. Nessas reuniões, com uma postura crítica e muita personalidade, foi que se conseguiu negociar a pauta estudantil.

Esta deve ser comemorada, não como uma vitória das entidades acadêmicas ou do Coletivo, mas sim como uma conquista de todos os estudantes que assinaram o abaixo e estiveram presentes no ato contra a mudança no processo de matricula. É dessa forma que os estudantes conquistarão vitorias como o Restaurante Universitário e o fim das taxas extras: não se pautando só por entidades representativas, mas sim organizando e estando presentes nas lutas do movimento estudantil. Movimento sem luta é movimento morto.

Coletivo Sonhos Valem Uma Vida

Encontros todas as segundas-feiras, às 19 horas no DA de Comunicação (Bloco N)